Talvez …

Talvez por talvez

Talvez as borboletas e o cheiro bom fossem apenas pedacinhos de papel soltos no meio de pessoas desconhecidas, voando e trazendo uma felicidade que parecia não existir.
Talvez a noite fosse apenas uma lona pintada com uma tinta fosca, que ganhava um brilho lindo ao passo que as coisas aconteciam.
Talvez alguém tenha escrito uma estória em papel cintilante e deixou cair sem querer, e eu li.
Talvez você nem exista.
Talvez os sonhos sejam filmes antigos,daqueles que a gente assiste e depois fica na dúvida se viu ou não.
Talvez o passado,a gente atire pela janela do ônibus,e não olhe pra atrás,pra não correr o risco de puxar a
cordinha, descer, e colocar dentro da bolsa de novo.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: